Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Servidor > IFG > Últimas notícias > Conselho Regional de Química doa mais insumos para produção de saneantes
Início do conteúdo da página
combate à covid-19

Conselho Regional de Química doa mais insumos para produção de saneantes

O projeto Produção de Sabonete Líquido Artesanal e Formulações de Álcool 70% Glicerinado e Álcool Gel 70% já produziu quase mil litros de produtos de higiene

Diretor-geral, Thiago Gonçalves Dias, gerente da Gepex, Bruno Quirino Leal, e professor Diego Alves Rodrigues recebem a doação do CRQ, de espessante e glicerina
Diretor-geral, Thiago Gonçalves Dias, gerente da Gepex, Bruno Quirino Leal, e professor Diego Alves Rodrigues recebem a doação do CRQ, de espessante e glicerina

O Conselho Regional de Química (CRQ) da 12ª Região esteve, ontem à tarde, 22 de outubro, visitando o Câmpus Formosa do Instituto Federal de Goiás (IFG). Além de acompanhar o andamento do projeto de extensão de produção de sabonete líquido e álcool 70%, o presidente do CRQ, Luciano Figueiredo de Souza, e o chefe de Fiscalização, Adriano Monteiro Ayres, fizeram a doação de 20 litros do espessante Aquawan e 5 litros de glicerina bidestilada. O espessante e a glicerina são insumos necessários para a produção de álcool glicerinado e álcool em gel glicerinado 70%.

Os agentes do CRQ já haviam estado no Câmpus em junho deste ano, assim que foram liberadas as primeiras remessas dos produtos oriundos do projeto. Eles testaram e aprovaram a produção. “Este trabalho em parceria com as instituições de ensino tem sido fundamental para que a gente trabalhe em conjunto no combate ao Coronavírus e a toda a propagação desse vírus”, declarou o presidente do CRQ. Luciano disse ainda que o sucesso da parceria e do trabalho realizado dentro da instituição, envolvendo servidores e alunos, depende justamente da harmonia e da integração entre os participantes. “Se essa parceria não existisse ficaria difícil de fazermos todo esse processo de doação”, relembrou.

A parceria firmada entre o IFG/Câmpus Formosa e o CRQ para aquisição de insumos tem sustentação na Campanha Química Solidária, realizada pelo Sistema do Conselho Federal de Química (CFQ) e CRQs, com instituições de ensino, empresas, associações e profissionais da química. Uma das razões para a iniciativa é permitir que a população mais carente tenha acesso ao álcool 70%, produto muitas vezes com preços elevados nas farmácias. “A gente tem trabalhado tentando conseguir os insumos que são utilizados na formulação, para que facilite esse trabalho dentro da instituição de ensino”.

O chefe de Fiscalização, Adriano, disse que o IFG tem realizado um bom trabalho. “O professor Diego nos procurou, solicitando que a gente conseguisse matérias-primas para a produção e não medimos esforços para isso. Para nossa surpresa, vemos aqui uma grande quantidade de produtos acabados”, relatou o chefe de fiscalização, Adriano. “Só tenho a parabenizar todos por esse projeto, ao IF, que está conduzindo isso de uma maneira brilhante, a quem doou esses produtos químicos e ao CRQ”, finalizou.

Insumos doados ao Câmpus
Insumos doados ao Câmpus

 

O diretor-geral do Câmpus Formosa, Thiago Gonçalves Dias, o gerente de pesquisa, pós-graduação e extensão, professor Bruno Quirino Leal, e o professor responsável pelo projeto, Diego Alves Rodrigues, formaram a equipe que acompanhou a visita ao laboratório de produção dos higienizantes. Até o dia 21 de outubro já foram produzidas 295 garrafas de álcool gel 70% (equivalente a 147,5 litros), 1.209 garrafas de álcool glicerinado 80% (604,5 litros), 296 garrafas de álcool 70% (148 litros) e 88 garrafas de sabonete líquido (44 litros). Todas as garrafas são de 500ml.

Em um momento de pandemia, a pesquisa se faz ainda mais importante, e associada à extensão, contribui para o acesso justo de todos aos produtos necessários para a proteção da população. O gerente da GEPEX, professor Bruno, exemplificou com o caso da escassez de Corbopol – componente do álcool em gel – no mercado, durante esse período. O professor Diego, por meio de pesquisa, verificou que o componente Aquawan apresentou bons resultados, sendo uma alternativa ao uso do Corbopol. Bruno disse que a pesquisa permite também o apontamento de alternativas de matérias-primas encontradas com dificuldade no momento. “A pesquisa dá a possibilidade de experimentar diferentes produtos e chegar a um bom resultado que depois pode até ser comercializado, que não é o nosso objetivo. Nossos produtos são para doação”, declarou.

 

Leia também:

Câmpus Formosa produz mais de 150 litros de higienizantes em uma semana

Projeto de produção de saneantes oferta 17 vagas de auxiliar de laboratório bolsista

Ação de confecção de máscaras ganha novo prazo para inscrições

IFG entrega cestas básicas e sabonete líquido em Cabeceiras

Conselho Regional de Química conhece ações do câmpus de combate à Covid-19

 

Setor de Comunicação Social/Câmpus Formosa

Notícias (Servidor)

Fim do conteúdo da página