Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Eleição para os cargos de reitor e diretores-gerais de nove câmpus é definida em primeiro turno
Início do conteúdo da página
Resultado Preliminar

Eleição para os cargos de reitor e diretores-gerais de nove câmpus é definida em primeiro turno

Criado: Quarta, 07 de Junho de 2017, 08h52 | Última atualização em Quarta, 14 de Junho de 2017, 12h44

Jerônimo Rodrigues foi reeleito reitor do IFG.  No Câmpus Goiânia, foi eleita para a direção-geral a professora Maria de Lourdes Magalhães 

A Comissão Eleitoral Central publicou o resultado preliminar do processo eleitoral para escolha do reitor do Instituto Federal de Goiás (IFG) e dos diretores-gerais de nove câmpus da Instituição. Pelo resultado preliminar e de acordo com o regulamento, a definição do processo eleitoral para todos os cargos cuja votação foi realizada ontem, 6, se deu em primeiro turno, com o professor Jerônimo Rodrigues da Silva, candidato único, sendo reeleito para o cargo de reitor do IFG.

Conforme o artigo 65 do Regulamento, será considerado eleito em primeiro turno o candidato que ao final deste turno apresentar taxa percentual de votos superior à taxa percentual de votos do somatório de votos de todos os demais candidatos. Os candidatos poderão apresentar nesta quarta-feira, 7 de junho, recursos ao resultado preliminar.

Maria de Lourdes Magalhães foi eleita para o cargo de diretora-geral do Câmpus Goiânia, com 34,99%

Para o Câmpus Aparecida de Goiânia foi eleita a atual diretora-geral, Ana Lúcia Siqueira de Oliveira, com 41,12%. O outro candidato, Wanderley Azevedo de Brito, teve 40,86% dos votos. No Câmpus Cidade de Goiás, o atual pró-reitor de Extensão, Sandro Ramos de Lima, foi eleito diretor-geral da unidade, onde está como diretor-geral pro tempore, com 47,92% dos votos, sendo que o outro candidato, Cristiano Jose da Silva obteve 28,57% dos votos.

Maria de Lourdes Magalhães foi eleita para o cargo de diretora-geral do Câmpus Goiânia, com 34,99%, e Felipe Valoz ficou com 26,91%. Para o Câmpus Inhumas foi eleito, com 38,41%, Luciano dos Santos. Os outros candidatos tiveram, respectivamente: 24,06% - Shirley Carmem da Silva e 12,01% - Alan Keller Gomes, atual diretor-geral do Câmpus Inhumas. Em Itumbiara, a atual diretora-geral Aline Silva Barroso foi reeleita para o cargo com 39,21% dos votos e o outro candidato, Cláudio Roberto Pacheco, ficou com 33,62% dos votos.

Candidaturas únicas
Além do cargo de reitor, quatro câmpus dos nove que passaram por processo eleitoral, com votação realizada ontem, registraram apenas uma única candidatura. Jerônimo Rodrigues da Silva foi reeleito para o cargo de reitor com 42,14% dos votos; Mara Rúbia de Souza Rodrigues Morais foi reeleita para o cargo de diretora-geral do Câmpus Jataí com 45,51% e Murilo de Assis Silva foi reeleito para o cargo de diretor-geral do Câmpus Formosa com 31,02% dos votos.

Reinaldo de Lima Reis Júnior foi eleito para o cargo de diretor-geral do Câmpus Luziânia, com 52,07% dos votos, e para o Câmpus Uruaçu, Andreia Alves do Prado foi eleita para o cargo de diretora-geral da unidade, com 44,66% dos votos.

Votação e apuração
De acordo com o presidente da Comissão Eleitoral Central, Thiago Martins Pereira, cada local de votação contou com um técnico terceirizado com treinamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para manutenção das urnas eletrônicas. O Câmpus Goiânia contou com dois técnicos devido ao grande número de urnas. A Comissão não registrou nenhum problema que necessitasse a troca de urnas eletrônicas. A quantidade, por câmpus, de urnas eletrônicas que foram utilizadas na eleição de ontem está na Instrução Normativa nº 3.

Durante a votação foi criada uma comitiva em conjunto com o TRE para visitar alguns câmpus e observar o processo eleitoral, sendo visitados as seguintes unidades do IFG: Goiânia, Aparecida de Goiânia, Goiânia Oeste e Reitoria. A comitiva almoçou no refeitório estudantil do Câmpus Aparecida e foi integrada por Thiago Martins Pereira (Presidente da Comissão Eleitoral Central IFG), Arllys Freire Gomes (servidor do TRE) e Patrício Rios Brandão (servidor do TRE). O resultado final do primeiro turno, após a apresentação de recursos, está previsto para ser publicado no dia 8 de junho.

No Câmpus Anápolis, devido a uma decisão judicial, a eleição para o cargo de diretor-geral foi suspensa e os eleitores votaram ontem apenas para o cargo de reitor.


Acesse o resultado preliminar da eleição.

Acesse a página com todas as informações do processo eleitoral.

Acesse a Instrução Normativa nº 3.

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria - texto adaptado pela Coordenação de Comunicação Social do IFG/Câmpus Goiânia.

Fim do conteúdo da página