Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > Reunião com a comunidade do Câmpus Goiânia esclarece sobre a retomada do calendário acadêmico 2020
Início do conteúdo da página
Gestão

Reunião com a comunidade do Câmpus Goiânia esclarece sobre a retomada do calendário acadêmico 2020

Criado: Sexta, 31 de Julho de 2020, 14h14 | Última atualização em Quinta, 06 de Agosto de 2020, 15h43

Os participantes da reunião puderam esclarecer dúvidas sobre as atividades administrativas, de ensino, pesquisa e extensão de forma remota

A reunião virtual entre a Reitoria do IFG, Diretoria-Geral do Câmpus Goiânia e a comunidade do câmpus ocorreu na manhã da sexta-feira, 31 de julho.
A reunião virtual entre a Reitoria do IFG, Diretoria-Geral do Câmpus Goiânia e a comunidade do câmpus ocorreu na manhã da sexta-feira, 31 de julho.

A retomada do calendário acadêmico no Câmpus Goiânia do Instituto Federal de Goiás (IFG), a implantação do Sistema de Ensino Emergencial (SEE) e a realização das atividades de ensino, pesquisa e extensão de forma remota foram alguns dos assuntos discutidos durante a transmissão online pelo Video@RNP realizada pela Reitoria do IFG e a Diretoria-Geral da unidade na manhã desta sexta-feira, 31 de julho, com a participação online de alunos, servidores, pais e/ou responsáveis pelos estudantes do câmpus. A realização da reunião virtual é uma iniciativa da Reitoria do IFG junto às comunidades acadêmicas dos 14 câmpus da instituição e tem por objetivo estabelecer o diálogo e apresentar as ações executadas e planejadas para o retorno do calendário letivo de 2020.

A reunião virtual, que foi mediada pela diretora executiva do IFG Adriana dos Reis Ferreira, teve início com a fala do reitor do IFG, professor Jerônimo Rodrigues da Silva, que apresentou um panorama nacional e regional da atuação das Instituições Federais de Ensino durante o período de suspensão das aulas presenciais devido à pandemia da Covid-19, especialmente frisou a atuação dos 14 câmpus da instituição para enfrentamento do cenário de disseminação da doença. O reitor pontuou que, neste momento tão difícil para todos, se solidariza com as famílias vítimas da Covid-19 no Brasil.

A respeito do período de quase 150 dias de suspensão de atividades presenciais na instituição, o reitor do IFG destacou as diversas ações empreendidas pelos câmpus no combate à pandemia, como a produção de álcool em gel e kits sanitizantes para distribuição gratuita à comunidade; os projetos de acolhimento psicológico de estudantes e servidores; as iniciativas de orientação à comunidade para prevenção da Covid-19; projetos de confecção de máscaras e de protetores faciais; a manutenção e a garantia do pagamento dos auxílios do Programa de Assistência Estudantil do IFG até o final de 2020; a recuperação de respiradores mecânicos da Secretaria de Saúde de Goiás, além da realização de ações culturais, projetos solidários, pesquisas e parcerias com outras instituições.

O reitor do IFG esclareceu que a retomada dos calendários acadêmicos 2020 nos câmpus do IFG foi autorizada pela Resolução do Conselho Superior (Consup)/IFG nº 20, de 30 de junho de 2020. A instituição almeja uma ampla participação da comunidade acadêmica dos câmpus do IFG na proposição dos novos calendários. As propostas de calendários precisam ser aprovadas, ainda no mês de agosto, pelo Consup do IFG, para que haja a divulgação posteriormente.

Câmpus Goiânia

No âmbito do Câmpus Goiânia do IFG, a diretora-geral, professora Maria de Lourdes Magalhães, em sua fala, ressaltou as diversas ações remotas e atividades extracurriculares já ofertadas pelo câmpus para a comunidade. Essas iniciativas podem ser conferidas na página Ações do Câmpus Goiânia – Covid-19. A diretora disse que a retomada e reelaboração do calendário letivo 2020 da unidade vem sendo desenvolvida desde o mês de julho e a discussão foi feita junto à gerência acadêmica e aos departamentos acadêmicos, com envio de uma primeira proposta para a Pró-reitoria de Ensino (Proen) do IFG.

A proposta para o calendário 2020/1 do Câmpus Goiânia é o retorno das aulas remotas no dia 31 de agosto, com encerramento do primeiro semestre em 5 de novembro. O segundo semestre de 2020 iniciaria no dia 30 de novembro, com encerramento no dia 13 de março de 2021. Os horários de aulas seriam mantidos. Essas datas são ainda previsões, segundo a diretora-geral do Câmpus Goiania, e o novo calendário 2020 da unidade necessita ainda ser aprovado pelo Conselho Superior do IFG.

A diretora Maria de Lourdes Magalhães ressaltou que o Câmpus Goiânia está planejando diversas ações para o retorno no dia 31 de agosto, como: canais mais rápidos de contato da comunidade para alunos; possibilidade de atendimento agendado, para atender demandas específicas dos alunos; o suporte no uso das tecnologias para os docentes e a formatação de computadores para empréstimos. Ainda segundo a diretora, os horários das aulas serão mantidos os mesmos que eram antes da pandemia, podendo ser avaliada alguma excepcionalidade, se houver.

Ensino

Até o momento, a gestão do IFG não tem previsão de retomada das atividades presenciais das aulas nos câmpus, pois isso depende das condições e garantia de segurança sanitária da comunidade acadêmica neste momento de pandemia. Os calendários 2020 serão retomados mediante a implantação do Sistema Emergencial de Ensino (SEE), com atividades remotas a serem articuladas pelos docentes e estudantes dos câmpus da instituição.

A proposta do Sistema de Ensino Emergencial no IFG é para todos os cursos (superiores e técnicos) e modalidades de ensino. Esse sistema inicia com o ensino remoto, com o primeiro contato entre docentes e discentes pela plataforma oficial da instituição para o ensino a distância, o Moodle IFG.

A intenção é que posteriormente as atividades semi-presenciais possam ser iniciadas e, quando for possível, o ensino presencial com segurança poderá ser retomado, a depender do cenário da pandemia, explicou a pró-reitora de Ensino (Proen) do IFG, Oneida Cristina Gomes Barcelos Irigon.

Ainda na área de ensino no IFG, a pró-reitora esclareceu que os estudantes poderão trancar as matrículas, caso não possam continuar o curso de forma remota, sem prejuízo da integralização do currículo. As transferências de cursos continuam condicionadas à divulgação de novos editais de transferência interna no IFG.

De acordo com a pró-reitora de Ensino, nas próximas semanas há previsão de serem retomados os processos seletivos 2020 para vagas remanescentes. Está previsto o lançamento de novos editais para os processos seletivos para ingresso no segundo semestre de 2020 e também as seleções para o ano de 2021. No entanto, a Proen está na etapa de planejamento dos processos seletivos.

Para atender ao Sistema Emergencial de Ensino no IFG, a previsão é de que a biblioteca volte a funcionar a partir de agosto, com objetivo de dar suporte ao ensino remoto e ao empréstimo de livros. Desde o início da pandemia, estão suspensas as multas pelos empréstimos de materiais junto à biblioteca.

Extensão

Entre as ações de extensão, serão garantidas aos estudantes as condições de acesso ao ensino remoto por meio dos editais do Programa Conectividade, segundo o pró-reitor de extensão do IFG, Daniel Silva Barbosa. Os eventos acadêmicos poderão ser propostos e realizados virtualmente no IFG. Alguns editais de ações de extensão já foram publicados, como o InspiArte, e há previsão de publicação de novos editais de extensão, segundo o pró-reitor.

Pesquisa

Em relação às atividades de pesquisa, inovação e pós-graduação, será publicada uma Instrução Normativa, no mês de agosto, para o planejamento e retorno das atividades de forma remota emergencial das ações de pesquisa,  inovação e nos cursos de pós-graduação stricto sensu e lato sensu, adiantou o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação do IFG, Paulo Francinete.

Administração
Na reunião virtual, participou também o pró-reitor de Administração (Proad) do IFG, José Carlos Barros, que falou sobre uma licitação em andamento para novas aquisições necessárias para a instituição. Ainda na webconferência, o diretor de Tecnologia de Informação (DTI) do IFG, Douglas Rolins, esclareceu algumas dúvidas sobre as plataformas virtuais para o ensino remoto no IFG.

O pró-reitor de Desenvolvimento Institucional e Recursos Humanos (Prodirh) do IFG, Amaury França Araujo, esclareceu as dúvidas sobre a segurança sanitária dos servidores. Ele afirmou que a previsão de retorno do trabalho presencial dos servidores técnico-administrativos está condicionado à retomada das atividades presenciais acadêmicas e, portanto, não há previsão, sendo mantido o trabalho remoto para os técnicos.

A reunião virtual contou com a tradução em Libras realizada pelo intérprete e servidor do Câmpus Goiânia, Leone de Morais Nogueira.

 

Coordenação de Comunicação Social do Câmpus Goiânia do IFG.

Fim do conteúdo da página