Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Publicação 

Alunos da Licenciatura em Matemática do IFG Câmpus Valparaíso lançam livro com dicas de atividades práticas para sala de aula

Criado: Sexta, 10 de Setembro de 2021, 20h38 | Última atualização em Terça, 05 de Outubro de 2021, 22h07

Saiba mais aqui

imagem sem descrição.

Do dia 11 a 15 de setembro, estará sendo disponibilizado gratuitamente pelo site: www.amazon.com.br, o e-book: Africanidades e povos indígenas: práticas possíveis na sala de aula matemática, organizado pela professora e mestra em matemática do IFG Câmpus Valparaíso Mayra Madeira, com a colaboração de diversos autores, estudantes do 7º semestre do curso de Licenciatura em Matemática, integrantes da disciplina: Prática como Componente Curricular VII. O livro é direcionado para professores e tem como objetivo apresentar sugestões de atividades práticas a serem elaboradas, unindo a matemática e a temática história e cultura afro-brasileira e indígena. A publicação estará disponível apenas em formato digital (aplicativo Kindle).

A partir do 16 de setembro, o e-book estará sendo disposto no valor mínimo liberado pela Amazon, R$ 1,99. A professora Mayra conta sobre o projeto que é o resultado dos trabalhos e pesquisas realizados durante a disciplina Prática como Componente Curricular VII: "Voltado para professores de matemática, práticas possíveis para trazer os temas africanidades e povos indígenas para dentro da sala de aula matemática". Mayra explica que estes temas precisam ser abordados junto as aulas, sendo obrigatórios pelas leis: 10.639/2003 e 11.645/2008, então, a ideia do livro surge da iniciativa de auxiliar os professores de matemática na abordagem da história e cultura afro-brasileira e indígena.

Um dos autores, o aluno Marcos Silva, divide a experiência da publicação do livro: "Foi muito bom participar da criação desse e-book, pois o tema é muito relevante para nossa formação, já que a inserção da disciplina de educação étnico-racial é algo relativamente novo na grade dos cursos de licenciatura. Ao escrever o livro nós esperamos que ele seja útil para outros professores".


Coordenação de Comunicação Social/Câmpus Valparaíso

Fim do conteúdo da página