Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
INTERNACIONALIZAÇÃO

Gestores do IFG participam de missão na Espanha e em Portugal

Criado: Quarta, 13 de Abril de 2022, 08h15 | Última atualização em Quarta, 13 de Abril de 2022, 08h20
imagem sem descrição.

A reitora do Instituto Federal de Goiás (IFG) e coordenadora da Câmara de Relações Internacionais do Conselho das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), professora Oneida Irigon, participou de uma missão internacional na Espanha e em Portugal. Além da gestora, integrou a delegação o coordenador de Relações Internacionais do IFG e também vice-coordenador do Fórum de Assessores Internacionais da Rede Federal (Forinter), Luciano Perilo. A viagem foi realizada entre os dias 31 de março a 8 de abril.

Ao longo de 9 dias, a delegação do IFG visitou a Universidade de Santiago de Compostela e a Universidade de León, ambas na Espanha. Em Portugal, os gestores participaram do Seminário Luso-Brasileiro de Internacionalização, realizado no Instituto Politécnico de Bragança, e também participaram de eventos no Instituto Politécnico do Porto.

Um dos resultados da missão internacional foi a celebração de um acordo de cooperação com a Universidade de Santiago de Compostela voltado à mobilidade acadêmica de estudantes da graduação e da pós-graduação. Além desse acordo, foi construído protocolo de intenção para aproximação de relacionamento com a Universidade de León; em Portugal, foi celebrado protocolo de intenções para ações conjuntas com o Instituto Politécnico de Bragança; e também, conforme explica Luciano Perilo, houve avanço à fase final do acordo de cooperação específico para dupla diplomação na área de engenharia com o Instituto Politécnico da Guarda.

Como explica o coordenador de Relações Internacionais do IFG, “a missão favoreceu o contato com diversas instituições da região ibérica, com as quais o IFG mantém excelente histórico de relacionamento e vem prospectando novas oportunidades ao encontro das linhas estratégicas de internacionalização, de fortalecimento da cooperação e em atendimento à Política de Internacionalização do IFG”.

 

Espanha: acordo de mobilidade e reuniões

Mantendo o histórico de celebrar acordos com a Universidade de Santiago de Compostela, como já aconteceu em relação à oferta de vagas para o curso de doutorado em Educação e para mobilidade docente, o IFG celebrou um acordo de cooperação específico para mobilidade acadêmica. Desta vez, a cooperação é voltada aos discentes da graduação e da pós-graduação da Instituição.

Segundo Luciano Perilo, o acordo de cooperação trata, especificamente, da mobilidade acadêmica para graduação e pós-graduação, “resultando na expansão da oferta de bolsas à comunidade acadêmica. O novo acordo amplia a parceria entre as instituições ofertando isenção de taxas para discentes de quaisquer áreas do conhecimento”.

Como é destacado no documento“a USC e o IFG comprometem-se a facilitar o intercâmbio até um máximo de quatro (4) estudantes de cada universidade por ano acadêmico”. Mais informações sobre o acordo e outras questões relacionadas a ele serão divulgadas em breve pelo IFG.

Em León, por meio da Embaixada da Espanha no Brasil, a reitora, que é coordenadora da Câmara de Relações Internacionais do Conif, e o coordenador de Relações Internacionais do IFG, que é vice-coordenador do Forinter, representaram a Rede Federal em diálogos com gestores da Universidade de León. Na ocasião, os gestores do IFG se reuniram com Héctor Paredes Suárez, responsável pelos programas de difusão do gabinete de Relações Internacionais, e Roberto Baelo Álvarez, vice-reitor de Internacionalização. Os gestores das duas instituições conversaram sobre a participação em programas Erasmus e sobre programas de mobilidade e recepção de docentes para pesquisa conjunta e desenvolvimento de projetos.

 

Reitora Oneida e coordenador Luciano Perilo em reunião na Universidade de León com Héctor Paredes Suárez [esquerda], responsável pelos programas de difusão do gabinete de Relações Internacionais, e Roberto Baelo Álvarez, vice-reitor de Internacionalização

 

Seminário em Bragança

Em Portugal, a delegação do IFG participou do Seminário Luso-Brasileiro de Internacionalização. O evento foi realizado no Instituto Politécnico de Bragança e contou com a participação de outras 34 instituições brasileiras da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e 24 Institutos Politécnicos portugueses.

Luciano Perilo, que foi um dos membros da comissão organizadora do evento,  destacou que “o Seminário Luso-Brasileiro de Internacionalização é a materialização da relação entre as instituições, atores e ações que privilegiará a perenidade de um espaço propositivo e evidencia a internacionalização na Rede Federal enquanto um eixo transversal à educação, na perspectiva do ensino, da pesquisa, da extensão, do empreendedorismo, da inovação e da gestão.”

Durante o evento, projetos do IFG, do Conif e da Rede Federal foram apresentados. Vários destaques foram dados aos itinerários formativos inovadores, aos movimentos de dupla diplomação, projetos de mobilidade, relações de fronteira e o aprofundamento das relações Brasil-Portugal. “Foram tratados diversos temas que convergem no âmbito das ações de internacionalização, notadamente a inovação formativa, a dupla diplomação, a mobilidade, a co-criação. Nesse sentido, como fruto dessa reunião, diversos acordos foram firmados entre as instituições que compõe a Rede e os Institutos Politécnicos, além de terem sido estabelecidas linhas de ação que irão fortalecer a relação Conif e CCISP”, aponta o presidente do Conif, Claudio Alex da Rocha.

A delegação do IFG participou, junto à diretoria do Conif, da construção de uma série de compromissos que foram assumidos para o fortalecimento dos trabalhos conjuntos entre o Conselho das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP). Os compromissos abrangem desde a constituição de um comitê de acompanhamento permanente de ações, elaboração de revista científica conjunta, a realização de um seminário itinerante bianual e até a implementação da metodologia LAPASSION ERASMUS+ em toda a Rede Federal.

 

Apresentações

Na cidade de Porto, a reitora do IFG participou do evento “Cashe – Conference Academic Success in Higher Education”. A conferência acadêmica foi organizada pelo Instituto Politécnico do Porto. Em um dos painéis do evento, a professora falou sobre as experiências da Instituição e da Rede Federal, tendo como ponto de partida a pesquisa, a prática pedagógica e o modelo de ensino-aprendizagem profissional, científico e tecnológico no ensino superior.

Reitora do IFG participa de painel sobre educação em evento promovido pelo Instituto Politécnico do Porto

No Instituto Superior de Engenharia do Porto, Luciano apresentou à Rede Federal e ao público presente o planejamento plurianual do projeto intitulado “LAPASSION em Rede”. O projeto será desenvolvido a partir da experiência do LAPASSION ERASMUS+ e foi aperfeiçoado para a Rede Federal por meio da metodologia do projeto BRAMPSSOL, desenvolvido no Câmpus Itumbiara do IFG.

Como destacou Luciano, “em diálogo com a Política de Internacionalização do IFG, abrir portas para cooperação técnica, acadêmica e científica, por meio da participação em relevantes missões internacionais, é fundamental para oportunizar a participação da nossa comunidade acadêmica em programas de fomento e financiamento da pesquisa e da produção de conhecimento, bem como em iniciativas institucionais de parceiros estrangeiros para, também, colaborar na construção conjunta de ações, programas e projetos.”

 

 

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria com informações da Assessoria de Comunicação do Conif.

 

Fim do conteúdo da página