Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Câmpus Cidade de Goiás

IFG recebe doação de dois veículos de grande porte e equipamentos eletrônicos

Termo de Destinação de Mercadorias foi assinado pelo delegado da Receita Federal em Goiás

  • Criado: Sexta, 11 de Setembro de 2020, 15h23
  • Última atualização em Segunda, 19 de Outubro de 2020, 09h23
Jerônimo Rodrigues (esq.), Sandro de Lima e José Aureliano
Jerônimo Rodrigues (esq.), Sandro de Lima e José Aureliano

O Instituto Federal de Goiás (IFG) recebeu na manhã de hoje, 11, a doação de dois automóveis de grande porte, sendo um caminhão e um furgão, que serão destinados ao Câmpus Cidade de Goiás. A solicitação de doação à Delegacia da Receita Federal de Goiás foi realizada pelo próprio câmpus, por meio da direção geral. Além dos automóveis, a unidade vai receber equipamentos eletrônicos e suprimentos: 36 mouses, 36 teclados para computador, 20 roteadores, cinco caixas acústicas, 60 pen drives, 10 celulares, 7 HDs externos, 3 notebooks e um microfone.

O Termo de Destinação de Mercadorias foi assinado pelo delegado da Receita Federal em Goiás, José Aureliano Ribeiro de Matos, e pelo diretor do Câmpus Cidade de Goiás, Sandro Ramos de Lima. O reitor da Instituição, professor Jerônimo Rodrigues da Silva, também esteve presente na reunião para assinatura do Termo, que foi realizada na sede da Receita Federal, em Goiânia. Ao todo, a doação representa um montante de R$ 143 mil, que são os valores avaliados dos automóveis, e mais R$ 47.941 mil dos demais equipamentos. Todo o material doado foi apreendido em operações realizadas pela Receita Federal.  

Segundo o reitor, as demandas surgem de acordo com a realidade de cada câmpus e suas particularidades, como esta atendida hoje, que representa uma importante parceria. “Mas essa parceria com a Receita Federal é bem-vinda. Enquanto instituição, podemos fazer um levantamento de necessidades futuras para solicitarmos à Delegacia”, diz. Ele lembrou também que há pouco tempo, em julho, a Delegacia da Receita Federal fez uma outra doação ao IFG, mas para o Câmpus Anápolis (leia a matéria). Foram recebidos 117 computadores de mesa, um veículo tipo van e equipamentos de informática. O professor Sandro agradeceu o atendimento às solicitações e ressaltou a amplitude da Instituição, sua forte atuação no ensino desde a educação básica à pós-graduação. Além disso, destacou que o uso do material e dos veículos será para atividades acadêmicas e administrativas da unidade.

José Aureliano reconhece que o Instituto tem uma importante atuação na inclusão social, no ensino superior e na pós-graduação. Ele se dispôs, inclusive, a ir conhecer o Câmpus Cidade de Goiás. O delegado explica que essa ação direta é muito importante, porque, caso contrário, os recursos iriam para o Tesouro e poderiam não chegar ao IFG, ou mesmo passar por um processo mais demorado. “Se a gente não fizer essa ação direta, a receita não vai chegar lá”, afirma. Além do procedimento de doação, o órgão também realiza leilões com as mercadorias apreendidas ou processo de destruição do que não pode ser doado ou leiloado.

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria

Fim do conteúdo da página