Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Ações de Extensão
Início do conteúdo da página

Ações de Extensão

Criado: Quarta, 16 de Março de 2016, 12h00 | Última atualização em Sexta, 15 de Outubro de 2021, 14h33

PLANOS LOCAIS DE EXTENSÃO 

 

Apresentação

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG), assim como os demais Institutos Federais criados pela Lei n° 11.892/2008 (BRASIL, 2008), possui como objetivos: ofertar cursos em diversas modalidades; atuar no desenvolvimento de extensão e pesquisa; estimular e apoiar processos formativos que favoreçam a geração de trabalho e renda e;  fortalecer uma política de educação voltada para a prática social emancipatória dos cidadãos e para a criação de condições objetivas que colaborem para a promoção do bem-estar social nas diversas regiões em que atua.

Em linhas gerais, as atividades ofertadas pelo IFG pretendem mediar, ampliar e aprofundar a formação integral de profissionais-cidadãos, de modo a capacitá-los para atuar e intervir no mundo do trabalho, na perspectiva da consolidação de uma sociedade democrática e justa, social e economicamente.

Nessa perspectiva e tendo em vista a importância da democratização da educação, encontramo-nos desafiados a estabelecer ações que auxiliem na construção de uma instituição efetivamente pública, assentada em relações dialógicas e plurais, fundamentada numa perspectiva de compartilhamento de saberes/conhecimentos e no desenvolvimento local/regional.

Nesse sentido, a elaboração e implementação dos Planos Locais de Extensão (PLE) visa colaborar, construir e consolidar uma rede de atuação no campo da extensão que possa impactar em nossa articulação junto às comunidades onde atuamos, ratificada pela consolidação da territorialidade.

Para tanto, propõe-se a elaboração de um documento em três etapas distintas:

1) Mapeamento local e identificação de demandas;

2) Diretrizes, fundamentos curriculares, e metodologia de atuação;

3) Acompanhamento e avaliação da extensão.

Como resultado, espera-se a publicação/implementação de um planejamento coletivo para a extensão em cada uma das unidades do IFG. Por conseguinte, será apresentado um plano de oferta capaz, por um lado, de compreender de maneira participativa os anseios das comunidades com as quais atuamos, e por outro lado, aperfeiçoar a maneira como o projeto institucional se articula às dinâmicas de formação, de capacitação, e de soluções compartilhadas para os problemas do território.     

Para saber mais, acesse o Documento Orientador dos Planos Locais de Extensão (clique aqui)

 

 

Fim do conteúdo da página