Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Jataí > Principal > Pesquisa > Apresentação
Início do conteúdo da página

APRESENTAÇÃO PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

Criado: Quinta, 02 de Março de 2017, 11h08 | Última atualização em Sexta, 02 de Julho de 2021, 12h45

 

RELATO

GUSTAVO DE ASSIS COSTA

ESTÁGIO PÓS-DOUTORAL NO INESC TEC - Porto

A busca por um estágio pós-doutoral é um processo longo e que exige bastante disciplina e persistência por parte do candidato, envolvendo muita leitura e pesquisa. No meu caso, estive envolvido por um período de aproximadamente 2 anos, em busca de oportunidades pois, eu havia projetado realizar o estágio no exterior. Uma primeira limitação que encontrei foi a exigência, feita pela maioria dos institutos de pesquisa e/ou universidades, de se obter financiamento por meio de bolsa de pequisa. No meu caso, mesmo após ter sido aceito por um renomado pesquisador da Rutgers University (The State University of New Jersey - EUA), infelizmente não tive êxito na obtenção de bolsa nem pela CAPES e nem pela CNPq, principais órgãos financiadores de pesquisa no Brasil.

Mesmo assim, continuei com minhas buscas e encontrei a ERCIM (https://fellowship.ercim.eu/), Consórcio Europeu de Pesquisa para Informática e Matemática, que oferece bolsas para doutorandos de todo o mundo. Dentre as várias instituições participantes, fiz a busca por pesquisadores da minha área de interesse. Ao encontrar algumas oportunidades, tentei uma submissão de candidatura pela ERCIM mas, mais uma vez não obtive sucesso.

Mediante o cenário, resolvi mudar minhas estratégias e encontrei ótimas oportunidades procurando especificamente por centros de pesquisa aplicada, os quais ofereciam posições que iam de encontro aos meus interesses pessoais. Foi assim que consegui a aprovação por meio de edital público para uma bolsa de pós-doutorado pelo INESC TEC - Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (https://www.inesctec.pt/), instituto associado à várias universidades, incluindo a Universidade do Porto, , aonde desenvolvi meus trabalhos.

O INESC é uma instituição privada sem fins lucrativos que desenvolve atividades de pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico, transferência de tecnologia, consultoria avançada e formação, e pré-incubação de novas empresas de base tecnológica. Os vários laboratórios existentes possuem associação com as principais universidades de Portugal.

 

 Figura 1: Prédio do INESC TEC, junto à Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

 

A bolsa tinha como objetivo o estudo e desenvolvimento do estado da arte de métodos da área de Inteligência Artificial, como Data Mining, Machine Learning e Deep Learning, aplicados a problemas de manutenção preditiva através da construção de modelos de detecção antecipada de anomalias. O projeto, intitulado FailStopper, envolvia a análise de dados de sensores que foram preliminarmente instalados em dois vagões do Metro do Porto para monitoramento das unidades de ar comprimido.

 

 Figura 2: Oficina de manutenção do Metro do Porto em Guifões, Portugal.

  

As unidades de produção de ar comprimido da frota do Metro do Porto é um sistema sem redundância que mais contribui para o cancelamento de viagens em operação.

  

Figura 3: Unidade de ar comprimido do vagão do Metro do Porto

Como resultado, foi desenvolvido um Software de monitoramento on-line que, a cada cinco minutos, processa os arquivos com os respectivos dados produzidos pelos sensores. Por meio da interface do sistema, os responsáveis pelo processo de manutenção do Metro do Porto poderão acompanhar a evolução dos sinais obtidos, acompanhar a sinalização de alarme quando houver alguma avaria previamente detectada pelo modelo, além de poderem visualizar a localização em tempo real dos vagões.

Seguem abaixo a visualização de algumas telas da interface do Software que foi desenvolvido para o projeto.

 

 

O desenvolvimento deste projeto foi extremamente desafiante e ao mesmo tempo motivante para mim pois trouxa à tona diversos desafios conceituais e práticos no tocante ao uso de diferentes ferramentas e modelos. Foi bastante produtivo vivenciar o ambiente de produção técnica de alto nível, com o clima organizacional de uma instituição que atende a várias empresas ao redor do mundo. Além do desafio profissional, houveram também os desafios culturais, climáticos e de costumes. Para mim e para minha família, este período de de estada em Portugal foi um desafio mas também um grande aprendizado para todos.

Foto da família às margens do Rio Douro

Fim do conteúdo da página