Coordenação de Relações Internacionais

  • Imprimir
Criado: Terça, 10 de Maio de 2016, 10h01 | Última atualização em Quinta, 20 de Janeiro de 2022, 17h10

Apresentação

A Coordenadoria de Relações Internacionais (CRI) é um órgão subordinado à Diretoria Executiva e tem por objetivo promover o desenvolvimento de Relações Internacionais e a internacionalização do IFG. É organizada para assessorar o Instituto na realização das atividades de cooperação internacional.  

Coordenador: Luciano de Paula Pereira Perilo

Contato: (62) 3237-1813

E-mailEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

 

Compete à CRI:

- Propor, induzir e viabilizar ações para o desenvolvimento da política institucional de cooperação internacional, promovendo o intercâmbio com outros países na perspectiva da inclusão social, do desenvolvimento do ensino, da pesquisa e inovação de interesse público e do fortalecimento do caráter público e gratuito do Instituto Federal de Goiás;

- Promover atividades de cooperação internacional, com vistas a possibilitar a participação democrática de alunos, professores e técnicos-administrativos do Instituto Federal de Goiás;

- Promover e estabelecer relações com instituições e agências de cooperação técnica, científica e cultural do Brasil e de outros países, na perspectiva de viabilização de intercâmbio, dentro das diretrizes estabelecidas para a cooperação internacional do Instituto Federal de Goiás;

- Propor, promover, induzir, desenvolver projetos e constituir processos que viabilizem acordos e convênios internacionais, dentro das diretrizes estabelecidas pela politica de cooperação internacional do Instituto Federal de Goiás;

- Elaborar projetos de cooperação internacional para apresentação à Diretoria Executiva, formatados, quando for o caso, para encaminhamentos aos órgãos de fomento nacionais e internacionais, na perspectiva de apoio financeiro as programas de intercâmbio de interesse do Instituto Federal de Goiás;

- Orientar, acompanhar e apoiar os estudantes e servidores na elaboração de projetos de intercâmbio, na organização da documentação necessária e nas demais providências antes e durante a realização do intercâmbio;

- Coordenar os processos de admissão, acompanhar, orientar e apoiar os estudantes estrangeiros no Instituto Federal de Goiás;

- Acompanhar e prestar assistência aos participantes e às delegações estrangeiras que se encontrarem desenvolvendo atividades em cooperação com o Instituto Federal de Goiás, no Brasil;

- Propor, apoiar, organizar e realizar eventos internacionais em conjunto com a Coordenação-Geral de Comunicação e Eventos e com a estrutura organizacional dos Câmpus do Instituto Federal de Goiás;

- Prestar apoio e assessoria aos câmpus e aos demais órgãos do Instituto Federal de Goiás em assuntos relativos à cooperação internacional.


Coordenação de Relações Internacionais

Coordenador: Luciano de Paula Pereira Perilo

Assistente em Administração: -

 

Telefone: (62) 3237-1813          E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Endereço:  
Reitoria - Avenida C-198, Qd. 500 - Setor Jardim América - Goiânia/GO – CEP 74270-040 

 

Representantes de Relações Internacionais nos Câmpus (RRICs)

 CÂMPUS

SERVIDOR

E-MAIL

 Águas Lindas de Goiás

 Ana Paula Gomes de Oliveira

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Anápolis

 Maria Carolina Terra Heberlein

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Aparecida de Goiânia

 Rejane Maria Gonçalves Maia

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Cidade de Goiás

 Paula Renata Almeida Lima

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Formosa

 Ana Paula Melo Saraiva Vieira

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Goiânia

---

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Goiânia Oeste

 Fernanda da Silva Oliveira

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Inhumas

 Liliane de Paula Munhoz

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Itumbiara

 Pauliana Duarte Oliveira

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Jataí

 Rita Rodrigues de Souza

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Luziânia

 ----

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Senador Canedo

 Mariana do Prado e Silva

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Uruaçu

 Juliana Paula Squinca

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 Valparaíso de Goiás

 Juan Filipe Stacul

 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 


EMBAIXADA AMERICANA SELECIONA ESTUDANTES DA REDE FEDERAL PARA CURSO DE INGLÊS

 

A Assessoria Internacional do CONIF informa que estão abertas as inscrições para a seleção de 60 estudantes de graduação, de licenciatura e de cursos de tecnologia da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica para cursos de inglês. A iniciativa é uma ação do Escritório de Regional de Língua Inglesa (RELO Office) da Embaixada dos Estados Unidos (EUA) no Brasil. Os interessados têm até o dia 20 de fevereiro para se inscreverem pelo formulário eletrônico disponível no link: https://forms.gle/oGPktBKRTqwT2iY26.

A carga horária dos cursos, ministrados por especialistas estadunidenses, será de 44 horas/aula, sendo ela dividida em atividades síncronas (12h) e assíncronas (32h). O curso vai ocorrer de 14 de março a 6 de maio de 2022. A seleção será por meio de sorteio eletrônico, marcado para o dia 22 de fevereiro.

O edital faz parte de uma parceria do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) com a embaixada dos EUA. Representantes da Embaixada vão realizar uma transmissão ao vivo para sanar as dúvidas dos interessados, no dia 2 de fevereiro, às 14h.

As regras para a participação estão descritas no Edital CONIF/AI nº 01. Entre elas estão a exigência do domínio do inglês no nível B1 de acordo com o Quadro Comum Europeu de Referência, a disponibilidade para participar das atividades propostas no ambiente virtual do curso, e ter a data de conclusão do curso superior posterior ao segundo semestre letivo de 2022.

O resultado final da seleção será divulgado por e-mail aos assessores internacionais de cada instituição, aos(as) candidatos(as) e também no site oficial do Conif até o dia 23 de fevereiro de 2022, conforme cronograma abaixo:

ATIVIDADES

DATAS E PRAZOS

Live para tirar dúvidas

2 de fevereiro de 2022, às 14h00

(horário de Brasília)

Prazo final para inscrição

20 de fevereiro de 2022, às 23h59

(horário de Brasília)

Divulgação da lista dos candidatos inscritos

21 de fevereiro de 2022

Data de realização do sorteio

22 de fevereiro de 2022

Divulgação do resultado final

Até 23 de fevereiro de 2022

Previsão de início do curso

14 de março de 2022

 

RELO Office - O Escritório Regional de Língua Inglesa (RELO Office) trabalha para a difusão e divulgação da língua inglesa no Brasil por meio da oferta de programas e recursos voltados para o ensino e capacitação no idioma. Diversas ações já foram realizadas fruto da parceria com a Rede Federal e com o Conif, incluindo vagas em cursos de capacitação para docentes, programas de apoio à estruturação do ensino do idioma nas instituições, entre outros.

Acesse o Edital CONIF/AI nº 1, de 20 de janeiro de 2022.

Link para o formulário de inscrição:https://forms.gle/oGPktBKRTqwT2iY26

 

_________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

UNIVERSIDADE DE PEQUIM OFERECE PROGRAMA DE DOUTORAMENTO INTERNACIONAL

 

A Escola de Administração de Guanghua, da Universidade de Pequim, está recebendo candidaturas para o seu Programa de Doutorado Internacional (iPh.D.) até o dia 28 de fevereiro de 2022.

As áreas de pesquisa contempladas pelo programa são:
1. Economia;
2. Finanças;
3. Contabilidade;
4. Comportamento Organizacional e Gestão de Recursos Humanos;
5. Gestão Estratégica e Operações Internacionais;
6. Marketing;
7. Ciência da Gestão e Sistemas de Informação;
8. Estatística.

O curso terá início em agosto de 2022 e será integralmente ministrado em inglês. Os estudantes admitidos terão direito a um auxílio financeiro mensal (aproximadamente RMB 3,500), alojamento e isenção de taxas. Suporte financeiro adicional poderá ser concedido de acordo com o critério de excelência acadêmica, o que pode elevar a ajuda de custo mensal a RMB 8,000.

Caso haja dificuldade de acesso à China em função de um eventual recrudescimento da pandemia de Covid-19, as aulas poderão ser adiadas em até um ano, ou as pessoas poderão estudar on-line.

 

Os requisitos curriculares do programa: https://bit.ly/3GJfJg1
Mais informações: https://iphd.gsm.pku.edu.cn/

 

 _________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

EMBAIXADA DO CHILE OFERECE BOLSAS PARA MESTRADO

O programa oferece a nacionais brasileiros, a cada edição, uma ou mais bolsas para a realização de estudos completos de mestrado, nas mais diversas áreas acadêmicas. Para a atual convocatória, valem os cursos com início agendado para o período entre março e setembro de 2022.

 

Os interessados devem realizar os trâmites necessários para sua admissão no curso de mestrado diretamente junto à universidade escolhida e contar com aceitação. Em seguida, devem contatar a  Embaixada do Chile em Brasília (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.) e a Divisão de Temas Educacionais (DTED) Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. (MRE) para o envio das candidaturas.


A DTED, ponto focal brasileiro, estabeleceu o dia 14/02/2021 como prazo limite para o recebimento das inscrições dos candidatos brasileiros.

As informações detalhadas sobre a Convocatória da AGCID podem ser acessadas nos seguintes endereços eletrônicos:

 

DTED: https://www.gov.br/mre/pt-br/assuntos/cultura-e-educacao/temas-educacionais/oportunidades-de-estudo-para-brasileiros/chile

AGCID: https://www.agci.cl/index.php/becas/becas-para-extranjeros/105-encuentra-tu-beca/1694-infobecaextr-4/?tipo=2&idNew=267


"A DTED/MRE sublinha que a decisão final e soberana cabe à Agência chilena. O MRE do Brasil não tem competência para assumir responsabilidade jurídica sobre o resultado final do certame ou por eventuais consequências de sua implementação."

 

   _________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 Cursos Gratuitos de línguas

Interessados em realizar cursos gratuitos de línguas podem se informar sobre as vagas nos diversos câmpus da rede federal de ensino, através do link: https://portal.conif.org.br/br/internacional/idiomas/oferta-na-rede-federal

 

 _________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Rede Social para Professores

O serviço de cooperação educacional da Embaixada da França desenvolve ações de formação e de comunicação online para professores, através da rede social IFprofs Brésil que pode ser acessada pelo link: https://br.ifprofs.org/       

 

  _________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Bolsas de estudos pela Fundação Carolina em parceria com a Agência Espanhola de Cooperação Internacional e Desenvolvimento

Serão ofertadas, ao todo, 504 bolsas de estudos: sendo 225 para programas de mestrado, 85 para programas de doutorado e pós-doutorado, 27 para programas de mobilidade de professores e 37 para estudos institucionais. Somam-se, ainda, 130 renovações para programas de doutorado e, além disso, serão também oferecidas sete bolsas no âmbito do programa de mobilidade para professores em Madri.

Para informações mais detalhas sobre as ofertas de bolsas, bem como o acesso ao edital e inscrição para candidatura às vagas, foi disponibilizado o seguinte link: www.fundacioncarolina.es.

 

 


COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS PROMOVE, JUNTO AO CENID-IFTM, DIÁLOGO SOBRE CENTRO DE LÍNGUAS NO INSTITUTO FEDERAL

Comunidade docente e gestora do IFG em diálogo com o Prof. Dr. Edilson Pimenta (3ª pessoa na 1ª linha da esquerda p/ direita), coordenador de Relações Internacionais e do Centro de Idiomas do IFTM

 

A partir da parceria consolidada entre as Coordenações de Relações Internacionais do IFG e do Instituto Federal do Triângulo Mineiro, bem como com o Centro de Idiomas (CENID) desta, foi ministrada palestra no dia 15/12/2021 para o corpo docente e as partes gestoras dos câmpus e Reitoria do IFG a fim de explicitar a experiência exitosa do IFTM na elaboração, planejamento, implementação e manutenção de um Centro de Línguas, que hoje conta com mais de 1800 alunos ofertando ensino à comunidade interna e externa de línguas estrangeiras (inglês, espanhol e francês), português como língua adicional para estrangeiros e LIBRAS.

Na oportunidade, foi exposto todo planejamento estratégico do IF parceiro para lograr sucesso e, ainda, conquistar recursos para disponibilização de material didático gratuito aos estudantes.

Confira como foi o diálogo capitaneado pelo Prof. Edilson Pimenta, coordenador do CENID-IFTM assistindo à gravação (CLIQUE AQUI).

 

_________________________________________________________________________________________________________________________________________ 

 

Discente do IFG embarca neste domingo para intercâmbio na França

Prof. Dr. Sérgio Botelho (esquerda), discente Maria Eduarda (centro), Coordenador de Relações Internacionais, Luciano Perilo (direita)

 

Selecionada na ampla concorrência para o programa BRAFITEC 2021, que envolve, no IFG, os cursos de Engenharia Mecânica (câmpus Goiânia), Engenharia de Controle e Automação (câmpus Goiânia), e Engenharia Elétrica (câmpus Goiânia e câmpus Jataí), a discente Maria Eduarda Bittencourt irá embarcar neste domingo, dia 12, para a França a fim de complementar seus estudos no curso de Engenharia de Controle e Automação na instituição francesa L'École des Mines d'Alès (IMT) ao longo de 2022.

Na oportunidade, a Coordenação de Relações Internacionais tratou com a discente e com o coordenador do Programa BRAFITEC no IFG, Prof. Dr. Sérgio Botelho (câmpus Goiânia), a respeito de sua ida, dos aspectos geopolíticos, sociais, econômicos e de governança voltadas ao seu período de intercâmbio na França. A discente relata empolgação e ambição frente ao passo que dá em sua carreira acadêmica: "quero construir pontes e buscar oportunidades para me formar enquanto estudante e profissional", disse Maria Eduarda.

O BRAFITEC é um programa da CAPES/MEC em conjunto com a França e ainda não há previsão de novos editais para os próximos anos.

 

 

_________________________________________________________________________________________________________________________________________ 

 

IFG discute possibilidade de mobilidade internacional para Dupla Diplomação de estudantes de Engenharia Civil em Portugal

A Coordenação de Relações Internacionais promoveu nesta terça-feira, dia 30/11/2021, diálogo entre o IFG e o Instituto Politécnico da Guarda para tratar de futuro acordo de cooperação específico para mobilidade internacional de estudantes dos cursos de Engenharia Civil.

 

O IFG mantém excelente histórico de parceria para cooperação, pesquisa e mobilidade internacional com instituições portuguesas. Muitas experiências exitosas já foram construídas em ações internacionais entre as partes, motivo este que fez com que o IFG fosse procurado pelo IPG para pensar acordos profícuos entre as partes, como a dupla diplomação, que é prevista no IFG por meio da recente regulamentação aprovada pelo CONSUP em 04 de outubro de 2021. Com esta perspectiva à vista, as instituições celebraram um Protocolo de Intenções para abrir caminhos a novas iniciativas de internacionalização.

Desta feita, o encontro tratou do alinhamento para o futuro Acordo de Cooperação, previsto para 2022, no qual habilitaria a possibilidade de estudantes dos cursos de Engenharia Civil do IFG, após concluírem todas as disciplinas, pleitearem vaga para estudar por seis meses no Instituto Politécnico da Guarda para obterem o duplo diploma de Engenheiro Civil (no IFG e no IPG) e por mais um ano, totalizando assim 6,5 anos de formação, para obterem o grau de Mestre em Construções Civis. A parceria também prevê que discentes portugueses estudem nos câmpus do IFG para obtenção do diploma de Bacharel em Engenharia Civil.

Participaram da reunião o Coordenador de Relações Internacionais do IFG, Luciano Perilo, as coordenações e presidências de NDE dos cursos de Engenharia Civil do IFG dos câmpus Aparecida de Goiânia, Anápolis, Formosa, Goiânia, Jataí e Uruaçu, bem como as Representantes de Relações Internacionais dos câmpus Anápolis, Maria Carolina Hebertein; Aparecida de Goiânia, Rejane Maia; e Jataí, Rita Souza. Representando o parceiro português, o docente José Carlos de Almeida, Diretor do Mestrado em Construções Civis do IPG.

 

PRÓXIMAS FASES

Houve grande interesse entre as partes em celebrar o acordo, que está em construção. O documento entra agora na fase final de análise dos câmpus do IFG, por meio de seus coordenadores de curso, presidentes de NDE e colegiados. Superada essa fase, o documento é compartilhado com o parceiro estrangeiro para validação e, então, obtendo concordância, começa-se a tramitação administrativa para assinatura da Reitora do IFG e do Presidente do IPG.

 

_________________________________________________________________________________________________________________________________________ 

 

Em missão internacional pelo programa Erasmus+ 2021, docente do IFG realiza ações e ministra aulas na Finlândia

Prof. Dr. Sérgio Botelho (câmpus Goiânia), em cerimônia da tese de doutoramento de sua orientanda, Velma Yaah

 

O Químico Industrial e docente do Instituto Federal de Goiás, Prof. Dr. Sérgio Botelho, esteve em missão internacional na Universidade de Oulu, na Finlândia, onde ministrou, pelo programa Erasmus+ 2021 aulas no departamento de Engenharia Química e Ambiental,  alocado no Departamento de Tecnologia da universidade finlandesa, completando 16h/aula junto aos parceiros internacionais.

Na oportunidade, esteve também presente na cerimônia de defesa da tese de doutorado (foto) de sua orientanda, e agora Dra., Velma Beri Kimbi Yaah, cujo tema de pesquisa se deu acerca do desenvolvimento de materiais à base de biomassa para tratamento de contaminantes em água. A discente esteve no Brasil realizando parte de sua pesquisa que, em razão de acordo de cooperação internacional entre o IFG e a Universidade de Oulu, pôde desenvolver nos laboratórios do câmpus Goiânia avanços em sua investigação.

O doutoramento faz parte do programa I4FUTURE e do Horizonte 2020, fontes financiadoras da iniciativa e que podem ser consultadas por meio do seguinte site: https://www.oulu.fi/i4future/

 

Laços Internacionais

O programa ainda prevê a continuidade de orientação de alunos estrangeiros em missão internacional vindoura para o projeto Erasmus+ 2022, cujo docente do IFG terá como orientando o aluno iraniano Sajad Ahmadi, trazendo luz à projeção do Instituto Federal nos ambientes de pesquisa em cenários internacionais e fortalecendo a internacionalização do IFG.

 

Para mais detalhes, acesse o site de nosso parceiro: https://www.oulu.fi/environmentalengineering/node/212333 

 

_________________________________________________________________________________________________________________________________________ 

 

Docente do IFG é selecionada pra curso de elaboração de projetos em Portugal

A docente Thaís Amaral e Sousa, do câmpus Formosa, foi uma das dez selecionadas dentre toda a Rede Federal para curso de elaboração de projetos em co-criação com empresas ofertado pelo Instituto Politécnico de Bragança

 

O programa de formação “Link me up - Training Program for curricular projects with companies"  é um sistema de apoio à co-criação de inovação, criatividade e empreendedorismo. Um projeto que promove o espírito empresarial através da capacitação de jovens estudantes e/ou empreendedores com vista ao incremento da qualidade do emprego e à criação de empresas inovadoras.

O projeto contempla atividades que serão realizadas virtualmente, por meio de encontros síncronos e assíncronos, que ocorrerão entre 13 de setembro de 2021 e 10 de janeiro de 2022, totalizando carga horária de 194 horas. Os encontros síncronos serão realizados uma vez por semana, no período matutino, em dia ainda a definir.

Segundo o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica - CONIF, o Instituto Politécnico de Bragança é uma instituição pública de ensino portuguesa. Atualmente, é um dos principais parceiros internacionais da Rede Federal, com acordos de cooperação assinados com várias instituições voltados para a mobilidade acadêmica, formação de servidores com oferta de mestrados e desenvolvimento de programas de dupla titulação.

 

 

 _________________________________________________________________________________________________________________________________________ 

 

Estudante do IFG é premiada em concurso internacional promovido pelo Itamaraty

Kamilla Christina Alves, aluna do curso de Letras do Câmpus Goiânia, é a única representante do Brasil dentre os vencedores do concurso na categoria graduação.

imagem sem descrição.

A estudante Kamilla Christina Alves, concluinte do curso de Letras-Língua Portuguesa, ofertado no Câmpus Goiânia do Instituto Federal de Goiás (IFG), é uma das premiadas no Concurso IILP-Itamaraty de Artigos Científicos sobre a Língua Portuguesa (PLNM), na categoria graduação. O resultado do concurso foi divulgado no dia 7 de abril de 2021 e a Kamilla foi premiada pela produção do artigo de título: "Aprendizagem em movimento: a docência em formação no ensino de português para migrantes haitianos”.

Concurso IILP-Itamaraty de Artigos Científicos sobre a Língua Portuguesa visa conceber e desenvolver projetos que atendam às necessidades e interesses comuns aos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e às suas diásporas. A premiação apresenta como principais objetivos estimular o desenvolvimento da pesquisa e da produção acadêmica, bem como contribuir para o debate e o estudo da língua portuguesa.

O artigo científico elaborado pela estudante é fruto de sua atuação enquanto professora voluntária, desde 2019, no projeto de extensão “Acolher, Ensinar e Aprender: português para imigrantes em situação de vulnerabilidade”, que foi renomeado para o ensino remoto para “Movimentos Migratórios em V: português para falantes de outras línguas – MoV(irtual)” durante o sistema remoto de ensino implantado no IFG em virtude da pandemia de Covid-19, sob a coordenação da professora da área de Línguas do Câmpus Goiânia do IFG, Suelene Vaz.

 

Palestra

A discente, autora do artigo, foi convidada pelo Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), junto à Embaixada do Brasil em Cabo Verde, a proferir palestra no dia do lançamento do periódico internacional Platô, o qual abrigará os artigos selecionados pelo concurso. A sessão ocorrerá em formato virtual, via plataforma Zoom, no dia 18 de junho de 2021, com início às 16h.

    


 Contato de Pesquisadores Internacionais

 Lista repassada pela PROPPG de contatos dos pesquisadores estrangeiros.


 

Você é Servidor do IFG e desenvolve atividades em Instituições Estrangeiras?

 A Coordenação de Relações Internacionais elaborou um formulário com o intuito de diagnosticar as atividades desenvolvidas ou a serem desenvolvidas entre servidores do IFG e instituições estrangeiras. Todos os servidores que tenham algum tipo de atividade com instituição estrangeira ou que tenham algum interesse podem respondê-lo clicando no link abaixo:

https://forms.gle/eC7Tuf5cbDguN7AC9

 

POLÍTICAS E REGULAMENTOS

 

Documentos

  • Anexo 1 - Plano de estudos (.ODT 85 KB) - Documento que prevê o conjunto de atividades de natureza acadêmica, científica, artística e/ou cultural, que o estudante poderá cumprir na Instituição de destino.

 

  


 

 O IFG possui acordos de cooperação e/ou projetos com instituições internacionais, organizações, associações, empresas de intercâmbio e escolas de idiomas, no próprio território nacional e em outros países como: Alemanha, Argentina, França e Portugal.

 

Esses acordos de cooperação e/ou projetos preveem o compartilhamento de informações, conhecimentos e experiências em âmbito cultural, científico e tecnológico, com o propósito de ampliar a qualidade do ensino, da pesquisa, da extensão e da gestão da Instituição.

 

ACORDOS DE COOPERAÇÃO VIGENTES:

 

- Acordo de Cooperação com a Alemanha:

 

 Universidade de Ciências Aplicadas de Aachen - FH Aachen 

 

- Acordos de Cooperação com a Argentina:

 Universidad Nacional de Las Artes – UNA

 Universidad Nacional de Mar Del Plata - UNMDP

        Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais - FLACSO (SEDE ARGENTINA)

 

- Acordo de Cooperação com Cuba:

Universidade das Artes - ISA

 

- Acordos de Cooperação com a Espanha:

   AULA Municipal de Teatro de Lleida

         Centro Internacional de Métodos Númericos em Engenharia (CIMNE)

              Universidade de Santiago de Compostela

 Universidade de Vigo - UVIGO 

 

- Acordos de Cooperação / Protocolo de Intenções com a França:

        Universidade de Poitiers

         SIGMA Clermont                    

                                                  SIGMA Clermont

          École des MInes Alès (EMA)

 

- Acordo de Cooperação com a Finlândia:

  Universidade de Oulu

 

- Acordo de Cooperação com a Itália:

 L'Università di Pisa

 

- Acordo de Cooperação com o Marrocos:

Universidade Chouaib Doukkali

 

- Acordo de Cooperação / Carta de Intenções com o México:

        Universidade Tecnológica de Cancún

 

- Acordo de Cooperação com Moçambique:

  Universidade de Eduardo Mondlane

 

- Acordos de Cooperação com Organizações de Intercâmbio

           AFS Intercultura Brasil

      AIUSA / Inter-Brasil

   

- Acordos de Cooperação com Portugal :

 Laboratório Nacional de Engenharia Civil

     Instituto Politécnico de Santarém

             Instituto Politécnico de Viseu

  Instituto Politécnico do Porto

  

- Acord de Cooperação com a Suécia:

   Faculdade de Tecnologia, Universidade Linnaeus 

 

ACORDOS DE COOPERAÇÃO NÃO VIGENTES:

 

- Acordos de Cooperação com a Alemanha:

1. Instituição parceira: Deutsche Gesellschaft Für Internationale Zusammenarbeit

2. Instituição parceira: Universidade de Ciências Aplicadas de Aachen 

 

 - Acordo de Cooperação com o Canadá:

1. Instituição parceira: Cégep Trois - Rivières

 

- Acordo de Cooperação com a Espanha:

1.  Instituição parceira: Universidade de Santiago de Compostela

 

 - Acordo de Cooperação / Memorandos de Entendimento com os  Estados Unidos da América:

1. Instituição parceira: North Virginia Comunity College

 

- Acordo de Cooperação com Cabo Verde:

1. Instituições parceiras: Ministério do Trabalho, formação Profissional e Solidariedade Social - Cabo Verde  e    SETEC - MEC

 

- Acordo de Cooperação com a Itália:

1. Instituição parceira: Università degli Studi di Ferrara

 

 - Acordos de Cooperação com Portugal: 

 1. Instituição parceira: Instituto Politécnico da Guarda 

 2. Instituição parceira: Instituto Politécnico de Coimbra

 3. Instituição parceira: Instituto Politécnico de Viseu

 4. Instituição Parceira: Instituto Politécnico do Porto 

 

 - Acordo de Cooperação com o Uruguai: 

1. Instituição parceira: Consejo de Educación Técnico Profesional

 


 

 


AFS Intercultura Brasil 

Banco Santander

O banco Santander possui iniciativas como programas de bolsas, ciência e inovação, empreendedorismo, transferência tecnológica e apoio a projetos universitários, por meio do Santander Universidades. Dessa forma, o banco Santander contribue com a internacionalização da atividade acadêmica e com a transferência de conhecimento do campus para a sociedade. Mais informações: Acesse

Deutsche Gesellschaft Für Internationale Zusammenarbeit - Alemanha

Instituto Politécnico do Porto (IP Porto) - Portugal

SIGMA Clermont - França

Mines D'Alès (IMT) - França

Universidade de Ciências Aplicadas de Aachen - Alemanha

Universidade de Santiago de Compostela - Espanha

Universidade Nacional de las Artes - UNA - Argentina

Universidade Nacional de Mar del Plata - UNMDP - Argentina

Universidade de Santiago de Compostela

 


      1. Como o IFG percebe internacionalização?

Internacionalização no IFG é concebida como um processo de intercâmbio educacional, científico e tecnológico, que privilegia os servidores e discentes por meio de acordos e convênios, para alavancar qualitativamente o desenvolvimento institucional em busca da troca cooperativa de conhecimento e competências.

      2. Qual o setor que auxilia o IFG no processo de internacionalização?

A Coordenação de Relações Internacionais (RI) está responsável por apoiar o IFG nas ações de internacionalização.

      3. Atualmente, qual a estrutura organizacional da RI no IFG?

Reitor (Prof. Jerônimo Rodrigues da Silva) -> Diretora Executiva (Profa. Adriana dos Reis Ferreira) -> Coordenação de Relações Internacionais (Coordenador Luciano de Paula Pereira  Perilo e a Assistente Karla Aparecida Neres de Oliveira) e  um Representante de Relações Internacionais por Câmpus conforme portaria que pode ser acessada clicando aqui.

        4. A Coordenação de Relações Internacionais possui um site?

A página da Coordenação de RI está no menu do site do IFG <www.ifg.edu.br>, no termo Internacional. Nesse ícone, você encontrará informações sobre editais que oferecem oportunidades de intercâmbio, sobre eventos no exterior, países/instituições que possuem convênios assinados com o IFG, entre outros assuntos.

        5. O IFG oferece oportunidades de intercâmbio para instituições estrangeiras?

O IFG não possui recursos financeiros para custear programas de intercâmbios, portanto o IFG atua como mediador na divulgação de editais com fomento de outras organizações. O MEC, por exemplo, é um dos promotores de oportunidades de intercâmbios com bolsas <http://www.capes.gov.br/editais-abertos>. Contudo, há projetos, desenvolvidos por professores do IFG que preveem bolsas para alunos de graduação e pós-graduação.

        6. Se eu participar de um intercâmbio em outro país, eu atraso meu curso no IFG?

Não há uma resposta fechada para esse questionamento. O IFG ainda não possui uma política de internacionalização que regulamente a saída de alunos e o aproveitamento de créditos/disciplinas. Cada aluno precisará ter seu processo avaliado de forma independente pela coordenação do curso, com respaldo da PROEN.

        7. É necessário saber uma língua estrangeira (LE) para participar de um intercâmbio?

A comprovação de conhecimento em uma LE dependerá do edital ao qual a pessoa está concorrendo. O mais comum é a exigência de conhecimento na língua de instrução da instituição para onde a pessoa irá. Por exemplo, o Canadá. Há instituições que ministram aulas em francês, outras em inglês, tal fato influenciará em qual LE o candidato terá que comprovar proficiência.

         8. O IFG aplica prova/exame de proficiência?

No momento não. O candidato terá que entrar em contato com instituições que aplicam essas provas (geralmente cursos de línguas estrangeiras) e pagar por elas.

        9.Quais os exames de proficiência mais comuns? E quais as notas/pontuações que eles atribuem?

 ·       Inglês: TOEFL e IELTS (CPE - Certificate of Proficiency in English) e exames de proficiência de Cambridge (CAE - Cambridge Advanced Examination).

TOEFL e IELTS são os dois mais comuns para a língua inglesa e podem inclusive ser exigidos por universidades de países em que esta não é a língua oficial, mas que têm cursos ministrados em inglês. O TOEFL predomina nos Estados Unidos e o IELTS na Europa e demais países com cursos em inglês. O valor dos testes é em torno de US$ 200 (cerca de R$ 750).

·       Espanhol: DELE e SIELE

Os exames DELE correspondem aos diplomas de língua concedidos pelo governo da Espanha. Eles têm validade por tempo indeterminado. O SIELE, que compreende todas as variantes da língua, é um exame feito por uma parceria entre Espanha e México. Ele tem validade de dois anos. Existem seis provas diferentes de DELE, que avaliam as competências e níveis de fluência da língua (do A1 ao C2). No site do Instituto Cervantes é possível saber mais sobre cada nível e descobrir o grau de dificuldade de cada um vendo modelos de exames.

O SIELE, por sua vez, será dividido em quatro provas que compreendem as diferentes competências da língua (leitura, audição, escrita e oral). O candidato pode optar por avaliar apenas algumas dessas competências. Os exames de proficiência serão realizados de forma eletrônica em centros autorizados. Mais informações estão disponíveis no site oficial do exame.

Diferentemente dos exames de proficiência em inglês, porém, os DELE e o SIELE não podem ser prestados a qualquer momento. Há um cronograma de provas para cada ano e os valores para prestar os exames vão de R$ 210 a R$ 450.

·       Francês: DELF / DALF

Quando falamos de língua francesa, falamos de DELF e DALF. No Brasil, a única instituição autorizada a aplicá-los é a Aliança Francesa, que estabelece um mesmo calendário de provas e taxa de inscrição para todo o país.

Ao todo, são seis diplomas oficiais, correspondentes a seis níveis diferentes. No geral, universidades exigem diplomas dos níveis B2 ou C1 para admitir estudantes estrangeiros. Os diplomas têm validade permanente e, para prestá-los, é necessário fazer antes uma avaliação para saber o nível mais adequado. Mais informações sobre essas etapas estão no site da Aliança Francesa.

As provas são aplicadas duas vezes ao ano, uma no primeiro semestre e outra no segundo. As inscrições devem ser feitas presencialmente em unidades da Aliança Francesa e custam entre R$ 172 a R$ 612.

·       Alemão: Goethe-Zertifikat

Os exames que comprovam conhecimento deste idioma são chamados Goethe-Zertifikat e são aplicados pelo Goethe Institut no Brasil. Existem ao menos 11 avaliações, que medem os diferentes níveis de competência, desde A1 para iniciantes até C2 para o nível mais alto. Novamente, a exigência muda de universidade para universidade.

As provas acontecem duas vezes ao ano. Valores vão de R$ 165 a R$ 575, dependendo do nível.

·       Mandarim: HSK

Menos conhecido que os outros exames de proficiência, o HSK avalia a proficiência dos estudantes em mandarim. São seis níveis de avaliação, que medem, em termos gerais, a quantidade de vocabulário que o aluno domina – sendo uma faixa de 150 “hanzis” (caracteres chineses) para o nível I e 5 mil para o nível VI.

No Brasil, o Instituto Confúcio é o único órgão autorizado pelo governo da China a aplicar o HSK, bem como a versão do teste voltada para adolescentes, o YCT. As datas e os valores dos exames de proficiência variam de acordo com os centros de aplicação, mas em geral são realizadas duas edições por ano, com valores que vão de R$ 30,00 a R$ 350,00.

Para quem pretende prestar o exame a fim de ser admitido em uma universidade chinesa, é importante observar que a maior parte dos cursos oferecidos para estrangeiros na China exigem certificado de inglês. Um diploma de mandarim, porém, pode ser visto como diferencial pelos selecionadores.

 Fonte: <https://www.estudarfora.org.br/principais-exames-de-proficiencia/>.

Outras dúvidas?

Entre em contato conosco.