Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Ensino

Relevância do documento, histórico e agradecimentos marcam discursos na abertura da Plenária das Diretrizes Curriculares

Diretrizes Curriculares e Organização Didático-Pedagógica dos Cursos de Ensino Médio Integrado à Educação Profissional serão apreciadas por delegados de todas as unidades

  • Publicado: Quarta, 16 de Novembro de 2022, 11h33
  • Última atualização em Sexta, 25 de Novembro de 2022, 18h12
Mesa de abertura foi composta pela reitora e pelos pró-reitores de Ensino, Pesquisa e Extensão e pela diretora de Políticas de Educação Básica e Superior do IFG.
Mesa de abertura foi composta pela reitora e pelos pró-reitores de Ensino, Pesquisa e Extensão e pela diretora de Políticas de Educação Básica e Superior do IFG.

A abertura da plenária para apreciação da minuta das Diretrizes Curriculares e Organização Didático-Pedagógica dos Cursos de Ensino Médio Integrado à Educação Profissional do Instituto Federal de Goiás (IFG) foi realizada na manhã desta quarta-feira, dia 16 de novembro, no auditório da Reitoria da Instituição. O momento foi marcado por discursos que enfatizaram a importância do documento para a Instituição e os cursos de Ensino Médio integrado à Educação Profissional, que fizeram a apresentação do histórico das ações e, também, por agradecimentos aos diversos segmentos, setores e servidores que se dedicaram ao trabalho de elaboração da minuta e organização da plenária.

A reitora do IFG, professora Oneida Cristina Gomes Barcelos Irigon, fez questão de destacar a importância da coletividade, do sentido institucional das deliberações, das perspectivas futuras, e agradeceu: “Aqui não se trata de eu ou de vocês, mas trata-se de nós e do outro. Assim, conseguiremos avançar institucionalmente (...). Seja para aqueles estão aqui, na região Metropolitana, ou para aqueles que vieram dos câmpus do interior, nosso muito obrigado! Estamos reunidos aqui por uma causa institucional por demais importante para nós e vamos, nessas três etapas, mais do que apreciar as propostas do caderno e indicar a versão final que deverá ser apreciada pelo Consup, vamos dialogar sobre o IFG que queremos, sobre o quê - considerando a necessidade de construção de itinerários formativos que possibilitem a formação integral, vamos perspectivar para a nossa escola dos próximos anos”.

A relevância do trabalho de definição das Diretrizes Curriculares e Organização Didático-Pedagógica dos Cursos de Ensino Médio Integrado à Educação Profissional do IFG foi ressaltada pela reitora, confiante no papel democrático da plenária e de toda a construção da Minuta que será apreciada. “Aqui, poderemos dialogar e materializar em um documento as nossas aspirações de continuar a ser uma escola de acolhimento para todas as juventudes e adultos com todas as suas diversidades e singularidades. Poderemos, em alguma medida, nos conectar com o trabalho que já vem sendo trilhado por outros institutos, no sentido de reformular os seus PPCs de Ensino Médio Integrado com base no currículo integrado e, ainda, nos colocar lado a lado com outros institutos no lugar de quem, legitimamente, pode pautar a Educação Profissional e Tecnológica nesse país”, enfatiza a reitora.

 

Projeto Político Pedagógico (PPC)

As diretrizes aprovadas nortearão, futuramente, a reformulação e a elaboração dos Projetos Políticos Pedagógicos (PPCs) dos Cursos de Ensino Médio Integrado à Educação Profissional do Instituto Federal de Goiás. A esse respeito, a pró-reitora de Ensino, Maria Valeska Lopes Viana, falou na abertura da Plenária, dando ênfase para a importância do trabalho que está sendo desenvolvido.

“É com muita alegria que nós recebemos vocês para a realização desse trabalho. Trabalho esse que tem grande importância, do ponto de vista político-institucional, já que o que está em pauta é a aprovação das diretrizes curriculares do ensino médio integrado do IFG. E por certo, isso não é pouco e muito menos trivial. A aprovação desse documento possibilitará que os PPCs (Projetos Pedagógicos do Cursos) dos nossos cursos técnicos integrados ao Ensino Médio possam ser reformulados e, consequentemente, que o fazer político-pedagógico, dentro e a partir desses cursos, possa ser aprimorado no sentido de construirmos PPCs e matrizes curriculares que se aproximem cada vez mais da perspectiva do currículo integrado e da formação integral”, apresenta a pró-reitora.

Além disso, Maria Valeska defende a aprovação de diretrizes que possibilitem a elaboração de “um PPC que provoque, efetivamente, a integração entre ensino, pesquisa e extensão; que possibilite ao nosso estudante tempo de qualidade para experimentar outros espaços que não somente a sala de aula, para construir a sua formação e que mobilize, ainda, o diálogo entre a formação básica e a formação tecnológica”.

 

Histórico

“Essa é uma discussão que carrega uma carga de anos também porque muito do que se discute nessa seara é muito processual mesmo. Tem coisas que demoram tempo mesmo para o debate amadurecer, para as concepções se consolidarem na Instituição. Então nós, como plenária temos uma grande responsabilidade nas três etapas que vão até dezembro”, destaca a diretora de Políticas de Educação Básica e Superior do IFG, professora Karla Dias Cassiano, que integrou a mesa de abertura da Plenária.

As ações tiveram início no ano de 2017, no I Integra, realizado no Câmpus Uruaçu durante o IV Encontro de Culturas Negras. Após o evento, a metodologia elaborada pela Proen, em articulação com a Câmara de Ensino do Conepex, culminou na constituição de três comissões e, nos anos de 2018 e 2019, foram realizadas várias reuniões sobre formação humana integral e do currículo integrado, além do estudo das formas de integração já desenvolvida pelos cursos (estando ou não nos Projetos Pedagógicos de Curso).

A partir daí, foi constituído o Grupo de Elaboração (GT) da Minuta do documento, sendo que os trabalhos foram suspensos durante a pandemia, a partir de março de 2020. Em 2021, todo o processo foi retomado e, com isso, a Proen recebeu 1.170 contribuições que passaram a integrar o Caderno de Propostas, documento que será apreciado nas plenárias. 

 

Participantes

Participam da plenária representantes do Fórum dos Cursos de Ensino Médio Integrado à Educação Profissional e Tecnológica, do qual fazem parte integrantes da “Formação Básica” por área do conhecimento (Linguagens; Ciências Humanas e Sociais Aplicadas; Ciências da Natureza; Matemática) e da “Formação Técnica”. Além dos membros do Fórum, participarão das discussões o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Conepex), com as chefias dos departamentos de áreas acadêmicas; as gerências de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão (Gepex); os representantes docentes, técnico-administrativos e discentes; e comissões locais dos câmpus. A composição da mesa diretiva da plenária será formada por representantes do Fórum, do Conepex e integrantes da Proen.

 

Confira a programação da Plenária (Etapa 1):

16, 17 e 18/11 – Etapa 1
9h – 12h
(Intervalo)
13h30 às 17h

  • Links de transmissão:

1ª etapa da Plenária

16/11

Matutino

https://www.youtube.com/watch?v=SpQFAzKd9lE

Vespertino

https://www.youtube.com/watch?v=YD10Z2UHngs

17/11

Matutino

https://www.youtube.com/watch?v=8UXGBVxXc7g

Vespertino

https://www.youtube.com/watch?v=1Eq3dBB_Z8M

18/11

Matutino

https://www.youtube.com/watch?v=YarEQis4Ypw

Vespertino

https://www.youtube.com/watch?v=puwQy8MH15o

Os links das outras etapas serão disponibilizados assim que forem criados.

Datas das próximas etapas:

29 e 30/11; 1º/12 – Etapa 2

6, 7 e 8/12 – Etapa 3

 

 

 Diretoria de Comunicação Social / Reitoria.

Fim do conteúdo da página