Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Discussão

Workshop debate moralidade e conduta ética nas relações sociais

Evento reuniu membros da Comissão de Ética, gestores e servidores do IFG

  • Criado: Terça, 08 de Outubro de 2019, 11h43
  • Última atualização em Segunda, 21 de Outubro de 2019, 08h16
Professor de Filosofia Eduardo Carli de Moraes
Professor de Filosofia Eduardo Carli de Moraes

A capacidade de mobilização em uma atitude ética da jovem sueca Greta Thunberg, que consegue levar às ruas milhares de jovens em todo mundo, todas às sextas-feiras, para protestos contra as mudanças climáticas foi destaque no IV Workshop de Moralidade e Conduta Ética. O evento iniciou-se na manhã de hoje, 8, na Cinemateca do Câmpus Goiânia, e debateu várias questões relacionadas a ações preventivas e educativas, formas conjuntas de trabalho dos membros da Comissão, gestores dos câmpus e da reitoria da Instituição.

O professor que abordou a bandeira de Greta é do Câmpus Anápolis e dá aulas de filosofia. Eduardo Carli de Moraes destaca, entre outros assuntos, a capacidade de uma garota de 16 anos, que já lidera, é uma jovem ativista, “toma decisões agindo no mundo comum, impactando ações coletivas”, ressalta. O professor realizou a primeira atividade após a abertura oficial. Ele falou sobre a arte de conviver: uma ética do mundo comum e do bem público pra resistir à pervasiva privatização da vida.

Eduardo trouxe reflexões em torno da obra do educador Paulo Freire, exemplos com tirinhas da Mafalda, destacando que a consciência moral aparece logo na infância, o pensamento de Desmond Tutu, ganhador do Prêmio Nobel, dentre outros, dando um panorama da ética no mundo filosófico. Ressalta, entre outras coisas, que o “o mundo comum só pode ser defendido em um espaço comum, na esfera pública”, finaliza Eduardo.

Após a fala e debate com o professor, membros da Comissão apresentaram dois casos fictícios com situações que podem ser consideradas como desvios éticos. Uma versa sobre a relação professor-aluno, com comportamentos como desrespeito do professor em sala de aula, com comentários racistas, falta de cumprimento de atividades acadêmicas, e outra aborda questões de divulgação de vídeos em redes sociais, por servidores, com críticas à instituição.

Abertura

O evento foi aberto com uma apresentação cultural realizada pelo professor de Música do Câmpus Goiânia Felipe Valoz. O diretor substituto do Câmpus, professor Eliezer Marques Faria, deu as boas-vindas e recebeu os presentes ressaltando que essa atividade foi uma demanda também dos servidores e que “vem atender um momento nosso em que se faz necessário ter uma orientação a essas questões que ocorrem dentro das nossas relações sociais”, diz.

Atual presidente da Comissão de Ética, professora Rachel Benta destaca os objetivos do workshop, que é “promover a reflexão sobre a ética nas relações sociais, articulada em situações cotidianamente associadas às instituições; estimular a construção coletiva das estratégias e desvios éticos presentes na instituição”, afirma. O grande desafio hoje, segundo a docente, é criar uma cultura ética no Instituto, por isso é importante esse trabalho com os câmpus e a reitoria, que é o trabalho prioritariamente educativo. Uma das questões importantes é a pré-disposição ao diálogo, necessária às relações pessoais e profissionais, destaca a professora.

Rachel deixa o posto de presidente da comissão no dia de hoje, passando agora a presidência ao professor do Câmpus Anápolis, Ewerton Rodrigo Gassi. O novo presidente destaca a atuação da Comissão, que possui representantes em todos os câmpus como uma forma de capilarizar o trabalho nas unidades, realizando ações de conduta ética do servidor na Instituição.

Diretora Executiva do IFG, Adriana dos Reis ressalta que o workshop é um ambiente de formação, para discussões que levam cada vez mais ao desenvolvimento de atividades de prevenção por parte da Comissão. O objetivo principal é trabalhar para que tenhamos “mais esclarecimentos e menos processo”, finaliza.

Programação  

O evento ocorre durante todo o dia. À tarde, às 14 horas, está prevista a palestra com o tema do evento: Moralidade e Conduta Ética nas Relações Sociais, a ser proferida pelo professor Felipe Magalhães Bambirra.

Estiveram presentes ao evento os pró-reitores de Pesquisa e Pós-graduação, Paulo Francinete Silva Junior, de Desenvolvimento Institucional e Recursos Humanos, Amaury França Araujo, diretores-gerais dos câmpus Aparecida, Ana Lucia Siqueira; Itumbiara, Aline Barroso; Anápolis, Elza Gabriela Godinho Miranda; gestores, membros da Comissão de Ética e servidores.

Saiba mais sobre a Comissão de Ética: http://www.ifg.edu.br/comissoes/comissao-de-etica

 

Diretoria de Comunicação Social/Reitoria.

 

 

 

Fim do conteúdo da página