CiteLab

  • Imprimir
Criado: Quinta, 08 de Outubro de 2020, 13h45 | Última atualização em Segunda, 14 de Dezembro de 2020, 13h49

O Centro de Referência em Pesquisa e Inovação do IFG - CiteLab consiste em um espaço profícuo de interação entre os principais eixos tecnológicos da instituição em seus diferentes câmpus (implantados nas cidades de Goiânia - Câmpus Goiânia e Goiânia Oeste -, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Águas Lindas, Cidade de Goiás, Formosa, Inhumas, Itumbiara, Jataí, Luziânia, Senador Canedo, Uruaçu e Valparaíso), buscando também aproximar os arranjos produtivos e as demandas sociais, otimizando além da inovação, a transferência de tecnologia para a sociedade.

A atuação do CiteLab se dá em frentes diversas, considerando seus seis Eixos de Pesquisa e Inovação e ainda o Escritório de Estímulo para as Incubações, propiciando e incentivando o acolhimento e a prospecção de projetos de pesquisa e inovação na perspectiva de fortalecer a cultura de inovação no IFG e a articulação com os arranjos produtivos, sociais e culturais em seu território de atuação. Nesse sentido, busca colaborar com o desenvolvimento regional, o estímulo à pesquisa aplicada, à produção cultural, ao cooperativismo, ao desenvolvimento de soluções técnicas e tecnológicas demandadas pela sociedade, ao fortalecimento da cultura institucional de interação dialógica e transformadora com a sociedade e suas organizações.

O CiteLab está localizado na Rua Dona Sanduca, nº 75 - Setor Sítio de Recreio Ipê/Residencial Barravento, Goiânia - GO (próximo ao CEASA e ao Residencial Aldeia do Vale).

Acesse aqui a Portaria Normativa Nº 24/2020, que regulamenta o funcionamento do CiteLab.

Assista aqui ao vídeo de apresentação do CiteLab.


Estrutura Organizacional do CiteLab:

O CiteLab está vinculado às Diretorias de Pesquisa e Inovação e de Pós-Graduação, ambas pertencentes à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação do IFG. Sua gestão administrativa é compartilhada com a Diretoria de Ações Profissionais e Tecnológicas da Pró-Reitoria de Extensão, sendo composta por duas divisões: Divisão de Empreendedorismo e Tecnologias Sociais (constituída pelo Escritório de Estímulo para as Incubações e pelo Escritório de Apoio às Empresas Juniores) e Divisão de Transferência de Tecnologia e Interação Social (constituída pelo Escritório de Propriedade Intelectual e pelo Escritório de Prospecção e Divulgação Científica) que oferecem suporte aos seus seis Eixos de Pesquisa e Inovação e seus respectivos laboratórios: Eixo de Cultura, Memória e Patrimônio (Laboratório de História Oral e Imagem e Laboratório de Pesquisa em Arte, Cultura e Linguagens); Eixo de Desenvolvimento Econômico e Social (Laboratório de Políticas Públicas); Eixo de Design, Imagem e Recursos Educacionais (Laboratório de Design e Editoração e Laboratório de Edição Audiovisual); Eixo de Estudos Ambientais (Laboratório de Análises Ambientais); Eixo de Estudos em Materiais e Energia (Laboratório de Caracterização de Materiais, Laboratório de Energias Renováveis e Laboratório de Inteligência Computacional) e Energia e Eixo de Design Factory (Laboratório de Prototipagem). 

 

Polo de Inovação Embrapii - IFG em Estruturação

O CiteLab vai contar, ainda, com o Polo de Inovação Embrapii do IFG, que atua na área de tecnologias energéticas industriais, na sublinha de atuação de eficiência energética. O Polo Embrapii é composto por uma Diretoria e quatro coordenações: Coordenação de Planejamento de Negócios, Coordenação de Processos, Coordenação de Projetos e Coordenação de Recursos Humanos,  e três laboratórios: Laboratório de Energias Renováveis (CiteLab), Laboratório de Instrumentação Química/Biomassa (IFG - Câmpus Goiânia) e Laboratório de Fontes Alternativas de Energia (IFG - Câmpus Goiânia).


Objetivos do CiteLab:

  • Promover espaço para a interação de pesquisadores do IFG em seus principais eixos tecnológicos de atuação;
  • Fomentar o ecossistema de inovação do estado de Goiás com a construção de espaços que estabeleçam a conexão entre o IFG e as demandas sociais para inovação;
  • Implementar espaços para a incubadoras de base tecnológica, incubadoras sociais e incubadoras mistas;
  • Atender as demandas sociais aproximando os problemas do setor produtivo aos pesquisadores do IFG, para a proposição de soluções técnicas e tecnológicas;
  • Estabelecer a utilização multiusuária e interinstitucional das instalações do centro de pesquisa e inovação.

Gestores:

Jerônimo Rodrigues da Silva Reitor
Paulo Francinete Silva Júnior Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação
Daniel Silva Barbosa Pró-Reitor de Extensão
Daywes Pinheiro Neto Diretor de Pós-Graduação
Lillian Pascoa Alves Diretora de Ações Profissionais e Tecnológicas
Thiago Eduardo Pereira Alves Diretor de Pesquisa e Inovação
Telma Regina de Barros Coordenadora do Centro de Inovação Tecnológica

 

Equipe técnico-administrativa:

César Oliveira Guimarães Engenheiro Eletricista
Rafaela Carolina Lopes Técnica em Assuntos Educacionais
Vivian Claudia Pereira Oliveira Secretária Executiva

 

Pesquisadores responsáveis pelos Eixos de Pesquisa e Inovação:

Eixo de Cultura, Memória e Patrimônio Maria Abadia Cardoso Professora EBTT
Eixo de Desenvolvimento Econômico e Social Neville Júlio de Vilasboas e Santos Professor EBTT
Eixo de Design Factory Christiane Borges Santos Professora EBTT
Ricardo Fouad Rabahi Professor EBTT
Eixo de Design, Imagem e Recursos Educacionais Alexandre José Guimarães Professor EBTT
Eixo de Estudos Ambientais Carlos de Melo e Silva Neto Tecnólogo - Agroecologia
Eixo de Estudos em Materiais e Energia
 
Daywes Pinheiro Neto Professor EBTT
Fernando Pereira de Sá Professor EBTT
Sérgio Daniel Carvalho Canuto Professor EBTT

 

Para saber mais sobre os pesquisadores do IFG, acesse a Plataforma IFG Produz:


A área física total do CiteLab é de 5.000 m², sendo 1.600 m² de área construída, distribuídos em uma infraestrutura com salas, laboratórios com equipamentos de ponta, voltados para a pesquisa e inovação.

 

Vista do prédio principal

 

Vista do segundo prédio

 

Ações já realizadas:
  • Aquisição e instalação de R$ 400 mil em mobiliário (móveis, computadores, climatização) para implantação da parte administrativa e escritórios, que fazem parte do organograma do Centro: Propriedade Intelectual, Prospecção e Divulgação científica, Estímulo à Incubação e Apoio à Empresas Juniores.
  • Aquisição e instalação de R$ 900 mil em equipamentos para laboratórios.
  • Instalação de internet banda larga.
  • Adaptações prediais e elétricas para instalação das primeiras atividades de pesquisa.

 

Ações em andamento:
  • Licitação no valor aproximado de R$ 1 milhão para adaptação predial (construção de 2º piso) e adaptações elétricas e hidráulicas para recepção de equipamentos de laboratório.
  • Licitação no valor aproximado de R$ 8 milhões para aquisição de equipamentos/instrumentação para a pesquisa nos laboratórios.